DEMOCRACIA PARTICIPATIVA- A única verdadeira!

Brasil - Porque o PT perdeu as eleições – 2012

Brasil - Porque o PT perdeu as eleições – 2012

pt e o mensalão


Brasil - Porque o PT perdeu as eleições – 2012

 

 

Há gente muito boa no PT. Conheço algumas. Mas...

 

O PT começou com Lula, um líder de sindicato, no ABC, com um grande sonho, sem instrução, jamais deve ter lido – ou lhe leram – Karl Marx, Lênin, Freud, Mao tse Tung, mais porque não se interessava por isso do que por falta de oportunidade. Nessa época Lula não era nem socialista nem comunista. Não tinha esses ideais, nem era esse o seu discurso. Nunca fez administração pública, era um sindicalista que se relacionava com os empresários e os trabalhadores. Era isto que Lula conhecia. Para fazer um governo, Lula precisava de alguém que soubesse tudo o que ele não sabia, e o que Lula sabia era extremamente restrito às relações sindicais. Lula queria ser alguém na vida como “nunca na história deste país” existira: Um “Zé ninguém” que chegaria à presidência da República. Iludido, o povo pensava que Lula queria mudar o Brasil tornando-o mais justo. Fundou o PT.

 

Um dia, quando participava em Cubatão da abertura de uma loja para que Lula fizesse uma reunião com o pessoal do PT, comentei com umas assessoras dele porque razão Lula não tomava posições mais agressivas em relação à ditadura. A resposta foi que Lula não queria esse caminho. Ele chagaria, devagar e sempre, sem violência, à presidência do Brasil e acabaria com as diferenças sociais. Fiquei impressionado.

 

Depois de duas tentativas em que perdeu para Fernando Collor e Fernando Henrique Cardoso, Lula chegou à presidência, sim, e nela ficou 8 anos. O que mudou em seu governo? Sensivelmente nada. Saúde pública deficiente, país sem infra-estruturas com esgotos a céu aberto, vilas e cidades sem água potável e sem energia elétrica ou com apagões ou faltas esporádicas de energia, ensino deficiente e limitado, falta de segurança pública, total descontrole da economia com os Bancos cobrando os juros que querem, as empresas de telefonia cobrando tarifas altíssimas e limitando o sinal porque vendem mais do que sua capacidade de sinal, gente morrendo em filas de hospitais, os maiores impostos do mundo e índices de corrupção que colocam o governo do Brasil no 75º lugar em honestidade moral e ética. Um desastre completo também pela mentira: Conseguiram convencer a população que a classe C passou a ser classe media. O resultado foi um consumo exagerado por parte desta classe C que deve a Bancos o que não pode pagar. O programa do Álcool e de produção, distribuição e consumo de combustíveis renováveis não decolou. Continuamos dependentes do caro petróleo. Não houve construção de novas vias de escoamento da produção, como estradas interestaduais, ou alargamento onde necessário, vias férreas e o transporte desses bens é caro. Os portos são ineficientes. As “reformas” que tanto foram usadas em suas campanhas nunca foram efetivadas apesar das alianças com outros partidos.

 

Na década de 60 o mundo ainda se questionava se o comunismo e o socialismo poderiam ser a solução para sociedades mais justas, com menos diferenças sociais. Lula não era comunista nem socialista nem nunca foi. Tal como Martin Luther King, “tinha um sonho”.  Tinha também plena consciência de sua ignorância e de que era um ‘sapo barbudo” tal como o definiu o falecido Leonel Brizola. Brizola sabia que Lula não era comunista nem socialista. Nessa época, e ainda com os ecos das barricadas de Paris na consciência e na emoção, estudantes contestavam a sociedade, os governos e a educação nos colégios e nos lares. Alguns desses entraram numa simbiose com alguns revoltados e fundaram movimentos contra a ditadura que logo foram vistos com simpatia pela sociedade em geral. Eu também. Vi em Lula alguém que poderia acabar com a ditadura, tornar o Brasil mais socializado, melhorar o que tinha que ser melhorado. Da mesma forma pensou um grupo de terroristas que, com o fim da ditadura se uniram a Lula. Eles tinham na bagagem o que Lula necessitava: Conhecimento e o dom de “fazer acontecer”.  Para desenvolver o PT Lula não podia unir-se a reconhecidos “capitalistas”. Por isso se uniu a elementos-simbolo da luta contra a ditadura, mas se por uma lado Lula os usou, estes usaram Lula para ascender ao poder. O fato comum a todos eles, incluindo Lula, é a sua incapacidade de lidar com o capital: São reféns fáceis de quem o tem e os pode usar. Por isso mesmo, apesar de Lula estar no governo e o Pt ser maioria, quem continuou governando o Brasil foram os mesmos que sempre o governou: Os que pagam as eleições e sabem fazer opinião e marketing. Com eles viajou para o exterior, como figura decorativa para lhes vender os produtos que fabricam no Brasil. Finalmente, necessitando de mais experiência em ações de assalto a fundos para financiamento de projetos, une-se a Paulo Maluf, julgado, condenado, preso e solto que agora faz parte da “base aliada”, da qual fazem parte também Fernando Collor que já sofreu “impeachment”, e José Sarney o rico político maranhense.

 

O PT ficou assim dividido em três “vertentes”. Lula queria a melhoria do social. A base guerrilheira queria a revanche sobre a sociedade que os rejeitara no passado, e a classe empresarial, agora engrossada pela aplicação de capital estrangeiro, queria a exploração do mercado.  Assim não se faz nada, não se muda nada.

 

A população sabe que Lula ficou rico. Que seu filho ficou rico. Que os aliados de Lula ficaram ricos. Sabe também do mensalão – a compra de aquiescência de parlamentares em troca de milhões de reais em pagamento - e essa população sofre na própria carne o alto custo de vida e de impostos sem retorno em obras e serviços básicos.

 

A população brasileira não é burra. A terceira vertente - a dos investidores em governos - os empresários e banqueiros também sabem disso, e resolveram que Lula já tinha dado o que tinha a dar e a tendência seria descer na opinião pública. Lula não fez o que prometeu apesar de tanto capital disponível. Começaram a financiar outros partidos. O PSB desponta agora e pode vir a ser o partido da vez. Provavelmente, e dependendo de sua administração nas prefeituras para as quais se elegeu, poderá ganhar as próximas eleições em 2014, porque a união do PT ao PSDB não agradou aos cidadãos, perdendo votos nas duas facções.  

 

O PT não morreu, mas está moribundo!...Ou querendo se transformar no “partido sombra” que puxa os cordéis de outros partidos fantoches ou laranjas no cenário político. Prática em desviar verbas públicas tem.

 

Impedir que partidos políticos e políticos em geral governem as suas vidas em vez de governar as nossas, só é possível neste mundo em crise com a Democracia Participativa conforme o tema e os textos deste site e de outros afins na NET. Não podemos depender da “boa vontade” desses Partidos e políticos. O recado da população já foi dado: 22.000.000 de eleitores não votaram ou anularam os seus votos...

Resultado das eleições -2012

 

 

Partido

Prefeitos Eleitos

1

PMDB

1.023

2

PSDB

702

3

PT

635

4

PSD

497

5

PP

469

6

PSB

442

7

PDT

311

8

PTB

295

9

DEM

278

10

PR

275

11

PPS

123

12

PV

95

13

PSC

83

14

PRB

78

15

PCdoB

56

16

PMN

42

17

PTdoB

26

18

PRP

24

19

PSL

23

20

PTC

19

21

PHS

17

22

PRTB

16

23

PTN

12

24

PPL

12

25

PSDC

9

26

PSOL

2

 

Todos Partidos

5.532

 

Resultado indefinido

36 municípios

Fonte: Resultados Google

Rui Rodrigues

 

  • DEMOCRACIA PARTICIPATIVA, TOTAL, VERDADEIRA,
  • Como funciona a Democracia Participativa- Divulgar
  • Brasil - Esboço para nova Constituição
  • Portugal - Esboço para Nova Constituição
  • Sites sobre Democracia Participativa
  • O despertar do Norte de África-(E da humanidade?)
  • O uso de seu voto na democracia participativa
  • Tabus Sociais e a Democracia Participativa
  • Mensagem aos portugueses
  • senhores candidatos, com que cara vão pedir votos?
  • Sobre transição da Ditadura para “Democracia” e...
  • Sobre os bancos que recolhem as verbas públicas
  • O clima está mudando e as cigarras são poucas.
  • Chega de hipocrisia política- Basta!
  • A produtividade da emergente economia brasileira
  • O que esperamos nós, amantes da ética...
  • VOCÊ É RICO POBRE OU MISERÁVEL? – (Decida)
  • Cenário -2018
  • VIOLÊNCIA NO MUNDO (O que poucos admitem)
  • CAMARATE- Depoimento do ATENTADO e envolvimentos
  • Porque crise mundial não termina antes de 2018/28
  • O Brasil que queremos e a curva de Gauss
  • A crise econômica portuguesa, o fado, e a solução
  • 2011-Dívidas interna/externa de Portugal e Brasil
  • O perfil vencedor de um candidato a senador
  • Indecisões na Vida - E na política
  • A asquerosidade dos ratos de esgoto
  • Crise Mundial de 2008 – Fundamentos
  • Curdos - Síria - Bashar al-Assad
  • Intervenção do estado na democracia brasileira
  • From Russia With Love - Da Rússia com amor
  • Está lá o corpo estendido no chão
  • Crise econômica mundial e as “mudanças” políticas
  • Cuba, Fidel e o fim do Comunismo
  • Visões modernas do Socialismo no Brasil
  • Tudo bem, senhores do governo[1], roubem à vontade
  • Angola - Curiosidades sobre uma nova nação
  • A rica industria da pobreza
  • Esses Líderes de Araque
  • Homens e mulheres à frente do “seu” tempo!
  • O futuro de Portugal- Essa sociedade amorfa
  • CHINA , presente e futuro - 中国,现在和未来
  • Sem ilusões - Política e dopamina
  • Afundem o Lusitânia e outros 3 engôdos políticos
  • Crise mundial - sou paciente - Tenho paciência
  • Pressões sociais hoje – A Partilha do queijo
  • Brasil - Porque o PT perdeu as eleições – 2012
  • O Brasil de hoje - Uma opinião sem muita filosofia
  • Portugal – Como sair da crise de 2008
  • Política e vida à luz da consciência -
  • Panorama mundial - 2012.
  • O que é emigrar - Portugueses
  • Como passar em provas - Brasil - ENEM
  • O dilema do eleitor na hora de votar.
  • Vamos acabar com as guerras?
  • Os últimos condenados à morte
  • Good bye Romney!
  • Goa, Damão e Diu – Outra verdade!
  • Os neoescravos do século XXI
  • Humanidade encurralada !!!
  • Amazônia – Uma solução
  • Carta Aberta a Angela Merkel
  • Brasil fora de Ordem e de Progresso?
  • Como começa uma guerra mundial – Sinais
  • De olho em Dilma Rousseff - Reeleição jamais!
  • O Oriente Médio – momento atual e futuro.
  • Penso, então existo.
  • Economia - Um jogo de Pôquer ?
  • Lula suicidou-se!
  • Curemo-nos a nós mesmos
  • Contratos - No âmbito da administração pública
  • A necessidade da política tal como a conhecemos
  • Política- O incrível exército dos moribundos
  • Ensaio sobre a existência
  • O conflito Israel-palestino - O Cerne da Questão
  • Uma velha profissão: Políticos artistas!
  • Bento XVI, a Igreja Católica e as mudanças
  • Construindo imagens do mundo.
  • Bolsa de apostas - Quem será novo Papa
  • Consciência Planetária
  • A segunda guerra da Coréia
  • Os sete trabalhos de Francisco
  • Precisamos de um novo modelo econômico?
  • Sobre Margareth Thatcher – Conclusão póstuma.
  • Sobre os povos indígenas[1]
  • Como acabar com o terrorismo – Um processo difícil
  • A tragédia portuguesa - A verdade !
  • A ilha de Páscoa, um exemplo da sustentabilidade
  • Feminino masculino - Hatshepsut e Joana
  • O futuro político do Brasil – Sem muita filosofia.
  • Atlântida - A verdade à luz de Platão.
  • O despertar do monstro humanidade
  • Sexo e filhos
  • Conto - Manitu e Alce Pensativo
  • Caminhadas pela natureza da vida
  • Entenda-se Lula e Dilma e “seus” governos.
  • O messianismo político na América do Sul
  • A fama no tempo dos que governam.
  • Os arquivos secretos de Lula
  • Entendendo o Senhor Ministro Barbosa
  • O extraterrestre de Catités
  • Os quatro cavaleiros do Petecalipse.
  • Rumos da política portuguesa
  • RecaPiTulando o PT....
  • O livro vermelho do Crack
  • Seja sempre honesto quando procurar emprego.
  • Acredite, há um modo fácil de ser feliz neste mund
  • Tese Social - A armadilha do Destino
  • Sociedades em transformação e o Mundo Gay
  • O mendigo [1] ilustrado
  • A nobre arte de varrer e o “socialismo transnacio”
  • Razões dos movimentos de rua no Brasil 2013
  • Carta aberta ao Governo e ao Congresso Nacional
  • A JURISPRUDÊNCIA E A MORALIZAÇÃO DO BRASIL
  • Egito – uma primavera da humanidade ?
  • Senatus Populis Que Brasilis.
  • Apelo às forças armadas do Brasil
  • Uma hora de cidadão na democracia participativa.
  • O voto
  • Sete bilhões de humanos procurando governo honesto
  • O PAPA FRANCISCO QUE SE CUIDE...
  • conto - Meus professores me enganaram.
  • Se eu fosse senador
  • o Nojo....
  • Como os cidadãos podem governar por si mesmos
  • Cabum ! Preparação para nova guerra ?
  • Traição à Pátria
  • A neve de Verão (sob o ponto de vista do boi)
  • Weimar 1919 e Brasil 2013 - Um paralelo
  • Porque o Papa Francisco pede para rezar por ele
  • Venha viajar de balão. É grátis.
  • INTERVENÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS.
  • Os acordos "Direita x Esquerda" e o fosso de vácuo
  • O caso dos Pesseghini. História mal contada ?
  • Brasil em impasse político
  • O Ciclo do Comunismo - Ascensão e queda.
  • Carta Aberta ao Ministro Lewandovsky
  • O “deus tutelar” - Seus efeitos sociais e ...
  • Esboço para alterações políticas - Brasil
  • O casamento e o presidente.
  • MOTIVAÇÕES de líderes mundiais
  • Limpando o senado federal, dando-lhe ética e moral
  • protocolo e cerimonial Planalto e Casa Branca
  • O amor nos tempos do dengue.
  • Minha admiração pela "Ladeira Abaixo 10"
  • O mercado de drogas. Como combater.
  • O melhor Partido Político.
  • Já sentiu saudades de um tempo que nunca viveu?
  • Acha que o “mundo” está mudando ?
  • O ultimo encontro com Fidel Castro
  • A Política no Brasil em tons de verde e amarelo
  • O Socialismo do século XXI – Nu e cru.
  • Ucrânia – Crimeia por Guantánamo?
  • O que podemos mudar no mundo para ser mais justo?
  • A Democracia Participativa e as eleições de 2014.
  • A famigerada copa Brasil 2014 da FIFA.
  • As eleições de 2014
  • O momento político-econômico do Brasil - jan 2015
  • 2015 - Já vimos este filme antes?
  • Refletindo sobre guerras - Teremos mais uma ?
  • A Grande Esperança para a humanidade e o Ambiente
  • A Ordem é uma estrada e por ela vai um Bando...
  • Contactos
  • Translate this Page



    ONLINE
    2






     DP

    Na humanidade, o que importa é o individuo. Todo o resto da paisagem que nos cerca serve para manter o individuo. Vivemos em sociedades, cada uma com suas características e se viverem em paz entre si não teremos guerras. Parece lógico, mas ou não é lógico, ou há grupos dentro das sociedades que não entendem esta lógica. Esquecem o coletivo e olham para si mesmos querendo o mundo para si. Restringem a humanidade ao seu grupo.

    Todo o ser humano que seja verdadeiro democrata é a favor: 

    1. Dos direitos da criança
    2. Dos direitos humanos
    3. Da paz entre as sociedades e as nações
    4. Da igualdade de gêneros perante a lei e as instituições religiosas
    5. Pela liberdade de expressão em qualquer lugar
    6. Pela sustentabilidade do planeta
    7. Pela proteção da vida selvagem
    8. De rejeitar qualquer movimento ou ação terrorista
    9. De rejeitar qualquer tipo de violência
    10. De votar item por item a própria Constituição que regirá o governo
    11. De ampliar a democracia ao direito de deseleger quem perca a confiança do eleitor
    12. De ter voz decisiva nas decisões de Estado, por votação popular. 
    13. Da Justiça independente da política
    14. Da nomeação de Juízes do Supremo Tribunal e Ministros por votação popular. 
    Blog recomendado para assuntos gerais relacionados ou não com este tema: