DEMOCRACIA PARTICIPATIVA- A única verdadeira!

De olho em Dilma Rousseff - Reeleição jamais!

De olho em Dilma Rousseff - Reeleição jamais!


Dilma, Temer e Lula

De olho em Dilma Rousseff

 

Todo mundo sabe o que é o Mensalão. Não deve ter acabado. Deve ter feito uma plástica e ser pago de modo diferente. Lula diz que não sabia, mas ninguém acredita. Também ninguém acredita que Lula seja aquele dos milagres, mas este não pode fazer plástica. Já não vale nada no mercado nacional e internacional. Mas elegeu uma “aluna” da política: Dilma Rousseff. Elogiada, indicada por Lula em meio a tanta popularidade - que tinha – não vamos pensar que Dilma seja muito diferente dele. Um dia veremos que Dilma, eleita presidente em 2010, não é quem se pensa, pelo menos pelo andar da carruagem.

 

Por isso, vamos ficar de olho em Dilma. Mas vamos ver como anda a carruagem:

 

  1. Não se sabe como uma militante da luta armada tinha tempo para estudar, mas aparentemente, Dilma conseguiu. Iniciou sua militância política aos 16 anos, e passou para a luta armada, sendo presa e torturada em 1970, por três anos. Naqueles tempos, e naquela situação, aprendia-se a mentir. Era uma questão de sobrevivência. Quando emitiu o seu currículo escreveu que tinha feito pós-graduação em economia [1]. Depois foi obrigada a desmentir. No que mais terá mentido? Talvez no mérito de ter cumprido o curso de economia. Seria possível que os amigos lhe tenham viabilizado a presença e feito as provas.

 

  1. Não sendo formada em área relacionada com energia, nem tem curso técnico para isso, fez parte de uma comissão destinada a elaborar um plano de governo na área energética, quando teve contato com representantes das distribuidoras de energia elétrica.  Por isso, entre 2003 e 2005 ocupou, a convite de Lula, o Ministério das Minas e Energia, cargo muito mais adequado a um engenheiro de Minas e Energia. Mas como não havia nenhum à altura, e Lula também não entendia nada do assunto, ela foi a escolhida.

 

 

  1. Indicada por Lula candidatou-se à presidência da república em 2010. Ainda durante a campanha, a sua antiga auxiliar no ministério e então ministra da casa civil, Erenice Guerra é demitida [2]em meio a denúncias de corrupção. Dilma disse que não sabia de nada. Erenice diz que a denúncia se deveu a uma política de campanha. Lula também dizia – e de teimoso ainda diz – que não sabia de nada e que o mensalão não existiu. Não esquecer que o Mensalão comprou o voto de senadores. Só os corruptores foram indiciados, mas não se sabe, na verdade, quem eram, alternativamente, os corruptores ou os corrompidos.

 

  1. Nomeou como ministro da casa civil, Antonio Palocci. Em junho, foi demitido [3] em meio a denúncias de corrupção relacionadas com uma empresa sua (Projeto). Saiu, voltou a operar com essa sua empresa, e ficou tudo por isso mesmo. Não esquecer que o Mensalão comprou o voto de senadores. Não houve indiciados e não se sabe, na verdade, quem eram, alternativamente, os corruptores ou os corrompidos.

 

  1. Alfredo Nascimento foi nomeado por Dilma para Ministro dos Transportes. Por denuncias de corrupção foi demitido [4]juntamente com parte de sua equipe. Voltou para sua pasta no senado e ainda convidou parte dessa equipe. Ficou por isso mesmo. Não esquecer que o Mensalão comprou o voto de senadores. Não houve indiciados e não se sabe, na verdade, quem eram, alternativamente, os corruptores ou os corrompidos.

 

  1. Pedro Novais foi admitido [5] para o Ministério do Turismo por fatos relacionados com o mau uso de recursos públicos além de denuncias de corrupção conforme operação Voucher da polícia Federal. Voltou para a câmara. Ficou por isso mesmo. Não esquecer que o Mensalão comprou o voto de senadores. Não houve indiciados e não se sabe, na verdade, quem eram, alternativamente, os corruptores ou os corrompidos.

 

  1. Carlos Lupi saiu [6]do cargo como Ministro do Trabalho em meio a denuncias de corrupção. A comissão de Ética do senado achou por bem que se demitisse porque era indefensável a sua posição. Ficou por isso mesmo. Não esquecer que o Mensalão comprou o voto de senadores. Não houve indiciados e não se sabe, na verdade, quem eram, alternativamente, os corruptores ou os corrompidos.

 

 

  1. Orlando Silva foi Ministro dos Esportes. Em meio a denuncias de corrupção, saiu [7]do Ministério em função de Inquérito no Supremo Tribunal Federal - STF.  Ficou por isso mesmo. Não esquecer que o Mensalão comprou o voto de senadores. Não houve indiciados e não se sabe, na verdade, quem eram, alternativamente, os corruptores ou os corrompidos.

 

  1. Ainda se estende a CPI do Cachoeira [8], envolvendo políticos, contraventores. Depois do resultado do Mensalão no STF, onde se provou a sua existência e leva figurões do núcleo central do PT, como José Dirceu e José Genuíno, que irão para celas comuns, os envolvidos no esquema do Cachoeira temem por sua liberdade. Os partidos temem. O senado teme. Todos temem. Está em jogo a transparência da política nacional e a sua credibilidade. Não esquecer que o Mensalão – e, quem sabe, os envolvidos com Cachoeira - comprou o voto de senadores. Só os corruptores foram indiciados, mas não se sabe, na verdade, quem eram, alternativamente, os corruptores ou os corrompidos.

 

  1. Desde 2011 que policiais vêm sendo caçados e mortos em S. Paulo. Isto é inadmissível num governo que zela pelo “social”. Estima-se [9]que neste ano de 2012, até inicio de novembro, o numero de policiais abatidos tenha superado 2011 em cerca de 40%. Mais de 100 policiais mortos entre 01 e 15 de novembro... É um absurdo e demonstra descontrole do governo. 

 

  1. As obras do PAC estão emPACadas... A transição do rio S. Francisco que levaria água para o Nordeste onde há uma seca enorme, apresenta trechos trincados que precisam ser reparados, a iniciativa privada tão eficiente diz que não imagina a dificuldade, e o único trecho acabado é o que foi executado pelo exército nacional. Talvez fosse o caso de pagar ao exército para que possa pagar as suas armas, e largar os urubus e corvos da iniciativa privada para pastar em outro lugar. Ou, para manter o mercado, e a sua liberdade, trocar quem supervisiona as obras, isto é, a presidenta Dilma, pessoalmente.

 

  1. Não seria má idéia fazer o mesmo com as obras da Copa [10]e dos Jogos Olímpicos que receberam um decreto que afasta os curiosos de seu controle.

 

O Banco Mundial admite que quem vive com o equivalente a mais de dois dólares por dia, não seja considerado pobre nem miserável. Mesmo para quem diz que “lei é lei”, este valor não pode ser tomado como lei válida para definir o patamar a partir do qual somos pobres ou miseráveis. Mas pelo limite do Banco Mundial, não haveria pobres em nenhum lugar do mundo. Mesmo assim, apresentam centenas de milhões de pessoas como sendo pobres. São miseráveis!

 

Aqui no Brasil, decidiram por decreto que a classe C agora é classe média. Deve ser brincadeira de mau gosto. Dilma não está mudando nada de essencial do que sempre foi. Olhemos o futuro de olho na campanha de reeleição.

 

Rui Rodrigues

 

PS - Em 27 de maio de 2013: Dilma, decididamente, segue os passos de Lula, querendo convencer-nos que o azul é vermelho, que o preto é branco, que tirou da miséria 40 milhões de miseráveis e que tudo vai bem. Não vai bem não, e isso se vê pelo caos da segurança, da saúde pública, do ensino. Não fez nada do que prometeu. Não é minha candidata e nem deveria ser candidata do Brasil.

 Veja porque razão:

http://conscienciademocrata.no.comunidades.net/index.php?pagina=1292153463  

http://conscienciademocrata.no.comunidades.net/index.php?pagina=1292165808

 

Em  10 de junho de 2013

Nem adianta indicar link para verificar da veracidade por ser de domínio público, mas sabe-se agora que Dilma faz empréstimos secretos a Angola e Cuba como se as verbas públicas lhe pertencessem. As obras do PAC continuam paradas, o crescimento encolhe a quase zero, a inflação pipoca incontrolável, e quando me lembro que ela disse que estavamos preparados 100, 200,300 por cento, começo a sentir asco por uma doidivanas que não sabe o que diz... 



  • DEMOCRACIA PARTICIPATIVA, TOTAL, VERDADEIRA,
  • Como funciona a Democracia Participativa- Divulgar
  • Brasil - Esboço para nova Constituição
  • Portugal - Esboço para Nova Constituição
  • Sites sobre Democracia Participativa
  • O despertar do Norte de África-(E da humanidade?)
  • O uso de seu voto na democracia participativa
  • Tabus Sociais e a Democracia Participativa
  • Mensagem aos portugueses
  • senhores candidatos, com que cara vão pedir votos?
  • Sobre transição da Ditadura para “Democracia” e...
  • Sobre os bancos que recolhem as verbas públicas
  • O clima está mudando e as cigarras são poucas.
  • Chega de hipocrisia política- Basta!
  • A produtividade da emergente economia brasileira
  • O que esperamos nós, amantes da ética...
  • VOCÊ É RICO POBRE OU MISERÁVEL? – (Decida)
  • Cenário -2018
  • VIOLÊNCIA NO MUNDO (O que poucos admitem)
  • CAMARATE- Depoimento do ATENTADO e envolvimentos
  • Porque crise mundial não termina antes de 2018/28
  • O Brasil que queremos e a curva de Gauss
  • A crise econômica portuguesa, o fado, e a solução
  • 2011-Dívidas interna/externa de Portugal e Brasil
  • O perfil vencedor de um candidato a senador
  • Indecisões na Vida - E na política
  • A asquerosidade dos ratos de esgoto
  • Crise Mundial de 2008 – Fundamentos
  • Curdos - Síria - Bashar al-Assad
  • Intervenção do estado na democracia brasileira
  • From Russia With Love - Da Rússia com amor
  • Está lá o corpo estendido no chão
  • Crise econômica mundial e as “mudanças” políticas
  • Cuba, Fidel e o fim do Comunismo
  • Visões modernas do Socialismo no Brasil
  • Tudo bem, senhores do governo[1], roubem à vontade
  • Angola - Curiosidades sobre uma nova nação
  • A rica industria da pobreza
  • Esses Líderes de Araque
  • Homens e mulheres à frente do “seu” tempo!
  • O futuro de Portugal- Essa sociedade amorfa
  • CHINA , presente e futuro - 中国,现在和未来
  • Sem ilusões - Política e dopamina
  • Afundem o Lusitânia e outros 3 engôdos políticos
  • Crise mundial - sou paciente - Tenho paciência
  • Pressões sociais hoje – A Partilha do queijo
  • Brasil - Porque o PT perdeu as eleições – 2012
  • O Brasil de hoje - Uma opinião sem muita filosofia
  • Portugal – Como sair da crise de 2008
  • Política e vida à luz da consciência -
  • Panorama mundial - 2012.
  • O que é emigrar - Portugueses
  • Como passar em provas - Brasil - ENEM
  • O dilema do eleitor na hora de votar.
  • Vamos acabar com as guerras?
  • Os últimos condenados à morte
  • Good bye Romney!
  • Goa, Damão e Diu – Outra verdade!
  • Os neoescravos do século XXI
  • Humanidade encurralada !!!
  • Amazônia – Uma solução
  • Carta Aberta a Angela Merkel
  • Brasil fora de Ordem e de Progresso?
  • Como começa uma guerra mundial – Sinais
  • De olho em Dilma Rousseff - Reeleição jamais!
  • O Oriente Médio – momento atual e futuro.
  • Penso, então existo.
  • Economia - Um jogo de Pôquer ?
  • Lula suicidou-se!
  • Curemo-nos a nós mesmos
  • Contratos - No âmbito da administração pública
  • A necessidade da política tal como a conhecemos
  • Política- O incrível exército dos moribundos
  • Ensaio sobre a existência
  • O conflito Israel-palestino - O Cerne da Questão
  • Uma velha profissão: Políticos artistas!
  • Bento XVI, a Igreja Católica e as mudanças
  • Construindo imagens do mundo.
  • Bolsa de apostas - Quem será novo Papa
  • Consciência Planetária
  • A segunda guerra da Coréia
  • Os sete trabalhos de Francisco
  • Precisamos de um novo modelo econômico?
  • Sobre Margareth Thatcher – Conclusão póstuma.
  • Sobre os povos indígenas[1]
  • Como acabar com o terrorismo – Um processo difícil
  • A tragédia portuguesa - A verdade !
  • A ilha de Páscoa, um exemplo da sustentabilidade
  • Feminino masculino - Hatshepsut e Joana
  • O futuro político do Brasil – Sem muita filosofia.
  • Atlântida - A verdade à luz de Platão.
  • O despertar do monstro humanidade
  • Sexo e filhos
  • Conto - Manitu e Alce Pensativo
  • Caminhadas pela natureza da vida
  • Entenda-se Lula e Dilma e “seus” governos.
  • O messianismo político na América do Sul
  • A fama no tempo dos que governam.
  • Os arquivos secretos de Lula
  • Entendendo o Senhor Ministro Barbosa
  • O extraterrestre de Catités
  • Os quatro cavaleiros do Petecalipse.
  • Rumos da política portuguesa
  • RecaPiTulando o PT....
  • O livro vermelho do Crack
  • Seja sempre honesto quando procurar emprego.
  • Acredite, há um modo fácil de ser feliz neste mund
  • Tese Social - A armadilha do Destino
  • Sociedades em transformação e o Mundo Gay
  • O mendigo [1] ilustrado
  • A nobre arte de varrer e o “socialismo transnacio”
  • Razões dos movimentos de rua no Brasil 2013
  • Carta aberta ao Governo e ao Congresso Nacional
  • A JURISPRUDÊNCIA E A MORALIZAÇÃO DO BRASIL
  • Egito – uma primavera da humanidade ?
  • Senatus Populis Que Brasilis.
  • Apelo às forças armadas do Brasil
  • Uma hora de cidadão na democracia participativa.
  • O voto
  • Sete bilhões de humanos procurando governo honesto
  • O PAPA FRANCISCO QUE SE CUIDE...
  • conto - Meus professores me enganaram.
  • Se eu fosse senador
  • o Nojo....
  • Como os cidadãos podem governar por si mesmos
  • Cabum ! Preparação para nova guerra ?
  • Traição à Pátria
  • A neve de Verão (sob o ponto de vista do boi)
  • Weimar 1919 e Brasil 2013 - Um paralelo
  • Porque o Papa Francisco pede para rezar por ele
  • Venha viajar de balão. É grátis.
  • INTERVENÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS.
  • Os acordos "Direita x Esquerda" e o fosso de vácuo
  • O caso dos Pesseghini. História mal contada ?
  • Brasil em impasse político
  • O Ciclo do Comunismo - Ascensão e queda.
  • Carta Aberta ao Ministro Lewandovsky
  • O “deus tutelar” - Seus efeitos sociais e ...
  • Esboço para alterações políticas - Brasil
  • O casamento e o presidente.
  • MOTIVAÇÕES de líderes mundiais
  • Limpando o senado federal, dando-lhe ética e moral
  • protocolo e cerimonial Planalto e Casa Branca
  • O amor nos tempos do dengue.
  • Minha admiração pela "Ladeira Abaixo 10"
  • O mercado de drogas. Como combater.
  • O melhor Partido Político.
  • Já sentiu saudades de um tempo que nunca viveu?
  • Acha que o “mundo” está mudando ?
  • O ultimo encontro com Fidel Castro
  • A Política no Brasil em tons de verde e amarelo
  • O Socialismo do século XXI – Nu e cru.
  • Ucrânia – Crimeia por Guantánamo?
  • O que podemos mudar no mundo para ser mais justo?
  • A Democracia Participativa e as eleições de 2014.
  • A famigerada copa Brasil 2014 da FIFA.
  • As eleições de 2014
  • O momento político-econômico do Brasil - jan 2015
  • 2015 - Já vimos este filme antes?
  • Refletindo sobre guerras - Teremos mais uma ?
  • A Grande Esperança para a humanidade e o Ambiente
  • A Ordem é uma estrada e por ela vai um Bando...
  • Contactos
  • Translate this Page



    ONLINE
    1






     DP

    Na humanidade, o que importa é o individuo. Todo o resto da paisagem que nos cerca serve para manter o individuo. Vivemos em sociedades, cada uma com suas características e se viverem em paz entre si não teremos guerras. Parece lógico, mas ou não é lógico, ou há grupos dentro das sociedades que não entendem esta lógica. Esquecem o coletivo e olham para si mesmos querendo o mundo para si. Restringem a humanidade ao seu grupo.

    Todo o ser humano que seja verdadeiro democrata é a favor: 

    1. Dos direitos da criança
    2. Dos direitos humanos
    3. Da paz entre as sociedades e as nações
    4. Da igualdade de gêneros perante a lei e as instituições religiosas
    5. Pela liberdade de expressão em qualquer lugar
    6. Pela sustentabilidade do planeta
    7. Pela proteção da vida selvagem
    8. De rejeitar qualquer movimento ou ação terrorista
    9. De rejeitar qualquer tipo de violência
    10. De votar item por item a própria Constituição que regirá o governo
    11. De ampliar a democracia ao direito de deseleger quem perca a confiança do eleitor
    12. De ter voz decisiva nas decisões de Estado, por votação popular. 
    13. Da Justiça independente da política
    14. Da nomeação de Juízes do Supremo Tribunal e Ministros por votação popular. 
    Blog recomendado para assuntos gerais relacionados ou não com este tema: